Sexta-feira, 17 de agosto de 2018.
Notícias ››   Imprensa on-line ››  

Aposentado se lança ao Senado pelo PPL e promete abrir mão do foro privilegiado Jacques Gosch

publicada em 31 de julho de 2018

Aposentado se lança ao Senado pelo PPL e promete abrir mão do foro privilegiado Jacques Gosch

Rodinei Crescêncio

Aladir Leite
Entre as propostas, Aladir defende estão revisão das políticas de renúncia fiscal e a defesa da reforma agrária

O funcionário público aposentado Aladir Leite Albuquerque, pré-candidato a senador pelo PPL, afirma que pretende fazer a campanha do “tostão contra o milhão” para representar a população mais humilde que considera esquecida pelo Senado, formado em maioria por representantes do agronegócio, empresariado e das chamadas oligarquias.

Caso seja eleito, Aladir promete abrir mão do foro privilegiado. Entre as propostas que defende estão revisão das políticas de renúncia fiscal e a defesa da reforma agrária.

“Abro mão do foro privilegiado porque quero ir para Brasília para servir a população e não para roubar. Sou aposentado, após 40 anos trabalhando no Estado nas áreas da assistência social e agricultura. Tenho conhecimento das propostas que defendo”, declarou Aladir em visita ao .

Sobre a campanha do “tostão contra o milhão”, Aladir diz que sua campanha não tem o financiamento dos bilionários do agronegócio. Por isso, conta com a mobilização popular para fazer suas propostas chegar aos municípios.

“Vivo do meu salário de servidor público aposentado. Consegui visitar Rondonópolis e Barra do Garças. Nossas idéias estão chegando nos municípios pelo Whatts App e Facebook”, completou o pré-candidato ao Senado.

Em Mato Grosso, o PPL está coligado com a Rede Sustentabilidade que tem como pré-candidato a governador o policial rodoviário federal Arthur Nogueira. A outra vaga ao Senado será ocupada pelo presidente da Academia Mato-Grossense de Letras, historiador Sebastião Carlos (Rede).

PPL

O Partido Pátria Livre é oriundo do antigo MR-8, grupo de esquerda que participou da luta armada durante a ditadura militar e depois se integrou ao MDB. Para presidência da República, pretende apresentar a candidatura de João Vicente Goulart.

O pré-candidato do PPL é filho do ex-presidente João Goulart. Em 1964, ele foi deposto pelas Forças Armadas dando início ao regime de exceção que acabou somente em 1985.

Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
rdnews.com.br

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(61) 35418388
(61) 93094422