Segunda-feira, 24 de setembro de 2018.
Notícias ››   Imprensa on-line ››  

EUA ASSUMEM USAR CORRUPÇÃO COMO ARMA CONTRA RIVAIS

publicada em 12 de janeiro de 2018



A Casa Branca divulgou a nova estratégia de segurança nacional dos Estados Unidos, que aponta como investigações de corrupção em outros países, como a Lava Jato, podem ser usadas como arma poderosa contra rivais no plano internacional; "Os instrumentos econômicos – incluindo sanções, medidas de combate à corrupção e ações de execução empresarial – podem ser importantes para dissuadir, coagir e restringir a ação de adversários", diz o texto; em entrevista à TV 247, o chanceler Celso Amorim critica a forma como o juiz Sergio Moro e o procurador Rodrigo Janot colaboraram com os Estados Unidos, atentando contra interesses econômicos do Brasil


247 – A Casa Branca divulgou a nova estratégia de segurança nacional dos Estados Unidos, que aponta como investigações de corrupção em outros países, como a Lava Jato, podem ser usadas como uma arma poderosa contra rivais no plano internacional.

"Os instrumentos econômicos – incluindo sanções, medidas de combate à corrupção e ações de execução empresarial – podem ser importantes para dissuadir, coagir e restringir a ação de adversários", diz o texto.

Em entrevista à TV 247, o ex-chanceler Celso Amorim critica a forma como o juiz Sergio Moro e o procurador Rodrigo Janot colaboraram com os Estados Unidos, atentando contra interesses econômicos do Brasil.
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
247

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(61) 35418388
(61) 93094422