Quarta-feira, 26 de junho de 2019.
Notícias ››   Imprensa on-line ››  

Folha sugere vazamento de conversas por procuradores da Lava Jato

publicada em 11 de junho de 2019
Folha sugere vazamento de conversas por procuradores da Lava Jato





A história de que as conversas secretas do ex-juiz Sérgio Moro e do procurador Deltan Dallagnol seriam fruto de interceptações criminosas não deverá prosperar. Ao menos é o que sugere corretamente a Folha, nesta terça (11), ao apontar o grupo no aplicativo de mensagens Telegram tinha 18 procuradores, mas só 11 tiveram conversas divulgadas pelo site The Intercept Brasil no último domingo (9).


“Dos três que deixaram a operação, apenas Carlos Fernando dos Santos Lima teve a conversa divulgada. Diogo Castor de Mattos foi apenas citado em um trecho pelo coordenador Deltan Dallagnol”, diz um trecho da matéria do jornalão paulistano.


Moro e Dallagnol atribuem o vazamento das conversas à “ataques criminosos” e o ex-juiz chegou a comunicar que seu celular fora alvo de supostos hackers. Houve quem duvidasse disso. O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR) foi um deles, três dias da reportagem do Intercept:



Roberto Requião

@requiaopmdb
Já ouviram falar no conto do celular clonado? Um conje utiliza o tel de forma comprometedora, se apavora,e grita preventivamente;”fui clonado,fui clonado”!
Que seja elas?

210
10:51 - 6 de jun de 2019
Informações e privacidade no Twitter Ads
61 pessoas estão falando sobre isso
Se não houve ação de “hackers” e sim vazamento de conversas por “fonte anônima” do Intercept, isto é, por um dos 18 procuradores, Moro e Deltan teriam comunicado falso crime?

No Caso Moro o Intercept utilizou a mesma régua que a Lava Jato abusou com os petistas: não há privacidade quando está em jogo o interesse público e os agentes são servidores públicos.

Nunca é demais recordar que os artífices da força-tarefa vazaram grampos ilegais da então presidenta Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula sob o título do “interesse público” e de que o agente público tem a privacidade relativizada em decorrência do cargo que ocupa.
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
https://www.esmaelmorais.com.br/

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(61) 35418388
(61) 93094422