Segunda-feira, 22 de outubro de 2018.
Notícias ››   Imprensa on-line ››  

Aldo Arantes debaterá crise nacional e defesa da Constituição

publicada em 05 de junho de 2018
Aldo Arantes debaterá crise nacional e defesa da Constituição

Os Advogados e Advogadas pela Democracia – Justiça e Cidadania (ADJC) em parceria com o coletivo Juristas pela Legalidade e pela Democracia - Ceará e a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) realizam na próxima quinta-feira (07), em Fortaleza, debate com o advogado e ex-deputado Constituinte Aldo Arantes. Na pauta do encontro, “O Brasil, a Crise atual e a defesa da Constituição”, temas relevantes diante das ameaças sofridas pelos recentes acontecimentos políticos nacionais.

O debate é gratuito e será realizado no auditório da ADUFC, a partir das 18h30. O advogado Benedito Bizerril considera importante a vinda de Aldo Arantes ao Ceará para debater estas questões e avalia que o encontro será mais uma oportunidade de discutir a crise em que o país vive, “com retrocessos em curso, ataques à democracia e desrespeito à Constituição”. “Por tudo isso Aldo, que tem vasta bagagem nesta trajetória de defesa do Direito, pode contribuir neste encontro que reunirá aqui no estado, de forma ampla, movimentos de juristas com destacada atuação neste processo em que está em risco o próprio Estado Democrático brasileiro”, considera.

A advogada Isabel Cecília de Oliveira Bezerra também enaltece a trajetória de Aldo Arantes na defesa da democracia e a contribuição que ele poderá dar no debate. “Aldo é uma pessoa que carrega na própria história e na memória o registro da construção da democracia no Brasil. Certamente sua experiência de vida com relação à atual conjuntura em que o Estado Democrático de Direito está em risco contribuirá com clareza e profundidade. Sua participação neste momento de golpe fortalecerá a militância com dados e conhecimento”, enaltece Isabel, membro do coletivo Juristas pela Legalidade e pela Democracia – Ceará.

Saiba mais

Aldo Arantes é advogado, formado em Direito pela PUC-RJ e mestre em Ciência Política pela UNB. Foi militante da Juventude Universitária Católica (JUC) e da Ação Popular (AP) desde os anos 1950. Em 1961, como presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), protagonizou ao lado do governador Leonel Brizola (do RS), a "Campanha da Legalidade", pela posse do vice-presidente João Goulart. Com o golpe de 1964, foi para a clandestinidade, tendo sido preso e torturado pela Ditadura Militar. Foi Deputado Federal Constituinte, participando ativamente na elaboração da Constituição Federal de 1988, e por vários outros mandatos. Atualmente, é Secretário Executivo da Comissão Especial que debateu a reforma política no âmbito do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e membro do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB).
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
Vermelho

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(61) 35418388
(61) 93094422